Show de Fafá de Belém marca lançamento do Barco Hospital Papa Francisco

Show de Fafá de Belém marca lançamento do Barco Hospital Papa Francisco

Associação Lar São Francisco na Providência de Deus de Jaci (SP) divulgou na sexta-feira (8) a criação de um barco hospital para atender comunidades ribeirinhas por onde passa o rio Amazonas. A previsão é que a embarcação comece a funcionar no final de 2018.

A ideia do projeto, que surgiu do próprio Frei Francisco Belotti, presidente da associação, atendeu a um pedido do Papa Francisco durante a última visita que fez ao Brasil.

"Ele falou para mim que deveríamos ir para a Amazônia. Nós fomos e temos dois hospitais: um em Óbidos e outro em Juruti. Alí, nós percebemos a necessidade que as pessoas têm para chegar até o hospital. As canoas viram, pessoas morrem, as distâncias são imensas. Foi quando eu pensei que deveria ter um hospital que vá até eles", explica.

A embarcação foi batizada de "Papa Francisco", terá 35 metros de comprimento e contará com centro cirúrgico, enfermaria, farmácia, laboratórios, salas de raio X, mamografia e ultrassonografia.

A Empresa Gerencial de Projetos Navais da Marinha Brasileira (Emgepron) será a responsável pela construção do barco hospital.

"Nós customizamos o barco para a fraternidade. Ela nos disse o que queria colocar dentro do barco e, com o apoio de engenheiros e desenhistas, nós montamos o projeto", comenta José Augusto de Almeida Filho, coordenador de construção naval.

O projeto custará cerca de R$ 25 milhões. Além da ajuda de voluntários e colaboradores, os recursos vieram do Ministério Público do Trabalho, que repassou parte de uma milionária indenização trabalhista.

"Foi a maior indenização da Justiça do Trabalho no Brasil. Essas indenizações ou vão para um fundo administrado pelo Governo ou podem ser destinadas para projetos sociais, como fizemos com o do Frei Francisco", explica o assessor jurídico do Ministério Público do Trabalho, Wagner Amstalden.

Comunidades ribeirinhas

A previsão é de que o barco hospital comece a funcionar em outubro de 2018. Ele deverá percorrer mais de 12 municípios levando serviços essenciais de saúde a cerca de mil comunidades ribeirinhas da Bacia Amazônica.

"A ideia é atender essas cidades e ascender essas calamidades que acontecem. Quando o rio abaixa ou sobe, ele invade os poços, as fossas, e vira uma epidemia. O barco vai chegar até aquele lugar e vai socorrer as pessoas", ressalta o Frei Francisco.

Para comemorar o lançamento, a associação reuniu colaboradores e voluntários que contribuem para os mais de 60 projetos sociais espalhados pelo Brasil.

A cerimônia também contou com a presença da madrinha do projeto a cantora Fafa de Belém, que representa o estado do Pará e conhece a necessidade do povo ribeirinho.

Os interessados em ajudar em algum dos projetos sociais da associação, pode obter mais informações pelo número (17) 3283-9070.

FONTE: G1

BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS