Sarau Cultural Forte Pauxis enaltece a cultura obidense e atrai bom público

Sarau Cultural Forte Pauxis enaltece a cultura obidense e atrai bom público

A cidade “mais portuguesa da Amazônia” sediou a abertura da nova temporada do projeto Circuito Cultural Trombetas, realizado pela Mineração Rio do Norte (MRN), por meio da Lei Roanet de incentivo à cultura, em parceria com a Prefeitura Municipal de Óbidos, no oeste do Pará.

O projeto que tem o objetivo de buscar a valorização e a difusão do patrimônio cultural e imaterial da região, promoveu a primeira edição do Sarau Cultural Forte Pauxis na noite de sexta-feira (21). O evento teve como cenário principal a Praça Francisco Manoel Brandão no centro da cidade, em frente ao Forte Pauxis, marco do início do povoamento que anos mais tarde viria se tornar a cidade de Óbidos, considerada uma das mais importantes do Brasil, pela sua localização estratégica as margens estreitas do rio Amazonas e por sua riqueza histórica.

A programação variada do sarau contou com declamação de poesias, exposição de quadros do artista J. Mamede, exposição fotográfica de Mauro Pantoja, Juliana Pereira e João Canto, mostra dos trabalhos dos alunos do Centro de Formação José Cornélio dos Santos, exibição dos curtas produzidos por alunos obidenses: A Noiva do Museu e o Baile do Judeu, além das apresentações musicais da Banda Municipal, Eduardo Dias, Carimbatuque de Santarém e grupo de carimbó.

Um excelente público prestigiou o evento lotando a praça em frente ao Forte Pauxis. O feriado e o clima agradável foram outros atrativos da noite que celebrou a riqueza cultural obidense. “Que outros eventos como esse possam ser realizados em Óbidos. E que esse não seja apenas um momento para festejarmos a nossa cultura, mas também, para chamar a atenção da sociedade organizada, dos poderes e da população em geral para preservação do nosso forte, que hoje infelizmente está de portas fechadas para a população por conta de uma obra inacabada”, ressaltou Ronaldo Brasiliense, presidente da Academia Artística e Literária de Óbidos (AALO).

Para o empresário Eládio Canto a escolha do local não poderia ter sido melhor. A realização do sarau em frente ao Forte Pauxis, agregou história e cultura em um único evento “Eu estou muito feliz com tudo que estou vendo aqui, confesso que estou muito empolgado. Esse é um espaço que precisa ser melhor utilizado, o forte precisa reabrir as portas e vendo essas apresentações maravilhosas, o trabalhos dos nossos artistas espalhados pela praça, isso me deixa muito feliz. Viva Óbidos!”, disse entusiasmado.

A coordenação do projeto circuito cultural já confirmou um novo evento em Óbidos para o segundo semestre de 2017. “Vamos continuar mantendo firme essa nova parceria com a Mineração Rio do Norte a quem agradecemos pela atenção e pela boa vontade em fomentar a cultura em nosso município. Temos hoje aqui uma noite fantástica, com uma variada programação cultural que vai desde a exposição de fotos e quadros dos nossos artistas obidenses, passando por declamação de poesias, até a apresentação musical de peso do obidense Eduardo Dias, da banda municipal e do grupo Carimbatuque de Santarém, ou seja, hoje é uma noite para celebrar a nossa cultura”, festejou o secretário de cultura e turismo Luiz Carlos Gama Queiroz.

O prefeito Chico Alfaia, acompanhado de familiares e do vice-prefeito Isomar Barros, prestigiou o evento. Alfaia afirmou que o sarau cultural é um grande avanço para a democratização da cultura obidense. “Essa é a nossa intenção, queremos tornar acessível a nossa cultura para a nossa população, divulgar o trabalho dos nossos artistas, sejam eles pintores, poetas, fotógrafos ou músicos. Em breve colocaremos em prática o projeto da secretaria de cultura chamado ‘Praças Vivas’, que levará entre outras ações, a nossa cultura para outros bairros da nossa cidade e para as comunidades e distritos do nosso município”.

Embalados pelo autêntico carimbó paraense, comandado pelo grupo Carimbatuque, o sarau encerrou já na madrugada de sábado, com direito a chuva e muita alegria.

FONTE: Ascom - PMO

Por: Érique Figueirêdo e fotos de Mauro Pantoja

BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS