Evento de sensibilização é realizado no Dia Mundial da Saúde em Óbidos 

Evento de sensibilização é realizado no Dia Mundial da Saúde em Óbidos 

A Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), promoveu na manhã desta sexta-feira (7), no auditório da Casa daCultura de Óbidos, oeste do Pará, uma programação para marcar o Dia Mundial da Saúde, lembrado anualmente na data de hoje.

O principal objetivo da data é conscientizar as pessoas sobre a importância da preservação da saúde para ter uma melhor qualidade de vida.

A data é destinada a discutir um tema específico que representa uma prioridade na agenda internacional da Organização Mundial da Saúde – OMS. Em 2017, o tema do evento foi a Depressão. Nesta ocasião, o lema foi "Vamos Conversar”. A intençã da programação da Semsa foi conscientizar as pessoas sobre a necessidade de ter conhecimentos que ajudem a prevenir esta doença, que pode trazer diversas consequências graves.

Os psicólogos da Semsa preparam uma programação voltada para a educação em saúde, por meio de uma palestra que abordou questões importantes como: meios para identificar a doença, como agir nesses casos e onde procurar ajuda.

Entre o público participante estiveram presentes profissionais da área da saúde e pessoas que já enfrearam ou enfrentam o problema da depressão no âmbito familiar.  “As pessoas que estiveram aqui hoje, realmente tem interesse em aprender mais sobre o tema, elas têm interesse em conversar mais. E o lema da campanha 'vamos conversar', tornar muito mais acessível a discussão com relação a depressão, assunto esse que precisa cada vez mais ser discutido com a nossa comunidade”, ressaltou Tatiana Florenzano, psicóloga da Semsa.

Na oportunidade foram ofertados aos participantes, consultas com os psicólogos, como forma de aproximar da população essa especialidade que faz parte dos serviços da rede municipal de saúde. “Essa discussão sobre a depressão que é importante do ponto de vista da educação em saúde, é também uma oportunidade para que as pessoas saibam que nós tratamos de pessoas com depressão, que a nossa rede está estruturada para isso, através do nosso Centro Especializado, embora a demanda seja muito acima da média. Procurar ajuda é o primeiro passo para o tratamento dessa doença”, disse Melina Braga, secretária de saúde que participou do evento.

 Depressão no Brasil

Segundo dados divulgados pela Agência Brasil, a OMS afirma que cerca de 5,8% da população brasileira sofrem de depressão – um total de 11,5 milhões de casos. O índice é o maior na América Latina e o segundo maior nas Américas, atrás apenas dos Estados Unidos, que registram 5,9% da população com o transtorno e um total de 17,4 milhões de casos.

 O levantamento mostra que, além do Brasil e dos Estados Unidos, países como a Ucrânia, Austrália e Estônia também registram altos índices de depressão em sua população – 6,3%, 5,9% e 5,9%, respectivamente. Entre as nações com os menores índices do transtorno estão as Ilhas Salomão (2,9%) e a Guatemala (3,7%). A prevalência na população mundial, segundo a OMS, é 4,4%.

 Tratamento em Óbidos

O Centro de Referência Especializado de Óbidos atende pacientes com necessidades de acompanhamento nas áreas de psicologia, fonoaudióloga, cardiologia, odontologia, fisioterapia e pediatria.

Os usuários são encaminhados pelos profissionais de saúde que recebem essas pessoas nas diversas unidades de saúde do município.

O centro fica localizado na Travessa Isaltino José Barbosa, no bairro de Santa Terezinha, atrás da Escola Inglês de Sousa.

FONTE: Ascom/PMO

Por: Érique Figueirêdo – Fotos: Mauro Pantoja

 

BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS