PAINEL 02: Mercado Municipal

PAINEL 02: Mercado Municipal

O antigo mercado de Óbidos, situava-se na rua Dr. Figueroa, hoje Siqueira Campos. O prédio era de madeira de lei, construído pelo coronel Joaquim Rodrigues Bentes, no ano de 1891, quando foi eleito o primeiro Prefeito de Óbidos, após a aprovação da primeira Constituição Republicana do Brasil. Nessa época, não existia o muro de arrimo na frente da cidade e as canoas encostavam à sua porta, para desembarca os produtos consumidos diariamente pela população, como: peixe, carne, frutas, potes de barro, paneiros, etc.

A edificação do mercado de madeira estava ligada às necessidades que a cidade tinha, de um local adequado para as vendas dos produtos, onde os obidenses pudessem fazer suas compras, necessidade esta, proveniente, do grande desenvolvimento econômico que Óbidos alcançou na segunda metade do século XIX, graças a produção de cacau, castanha, borracha, criação de gado, etc. o que provocou um crescimento urbano e o enriquecimento da aristocracia comercial.

Em 1925, o mercado já não atendia as necessidades da população, por se achar bastante deteriorado e com seu espaço físico insuficiente. O prédio foi demolido nesse mesmo ano, (1925), para a construção de um novo, em alvenaria, no mesmo local, tendo sido as funções do antigo mercado, transferidas, provisoriamente, para a Casa do Comércio “O Campeão”, hoje residência dos herdeiros de Pascoal Salim.

A edificação do mercado em alvenaria está intimamente ligada a um conflito político por questões de terras, envolvendo o então prefeito de Óbidos, Correa Pinto.

O Estado nessa época, representado pelo Governador Dionísio Bentes, preocupado com a influência negativa, que tais acontecimentos poderiam trazer para as eleições que viriam futuramente, resolveu apoiar Correa Pinto, subsidiando construções públicas em Óbidos. Dessa forma, o Governador convocou o arquiteto, Jose Sidrin, a traçar a planta do novo mercado. Esta foi a maneira de Dionísio Bentes e Correa Pinto, reconquistarem o prestigio político na cidade, e, terem assegurada a vitória nas eleições que viriam.

O Mercado Municipal, foi inaugurado em 8 de dezembro de 1926, ainda sob a gestão de Augusto Correa Pinto.

O edifício tem forma arquitetônica eclética, sua técnica construtiva é de alvenaria de tijolo, coberta de telha tipo Marselha com madeirame de itaúba. Em seu interior, existia na parte fronteira, uma estrutura em ferro, que servia como local de fiscalização. É um prédio alto, com acesso em cada uma das quatro fachadas e contém, um  salão com vinte e duas (22) divisões – talhos.

O Mercado Municipal, encontra-se em estado de conservação ruim e ainda hoje continua a servir os habitantes de Óbidos. Além da venda de carne, ele também, é utilizado para a venda de outros produtos, como frutas, verduras e varejo em geral.

www.chupaosso.com.br

FONTE: Museu Integrado de Óbidos

Fotos de João Canto

FOTOS...

BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS