Atendimentos nas Lotéricas de Óbidos foram humanizados, como prevenção ao Covid-19

Atendimentos nas Lotéricas de Óbidos foram humanizados, como prevenção ao Covid-19

Nesta segunda-feira, dia 18, as pessoas que foram às Lotéricas de Óbidos para receber suas ajudas financeiras, Bolsa Família ou Auxílio Emergencial, pagas pelo Governo Federal se depararam com uma cena bastante diferente, pois as lotéricas e bancos em parceria com o governo municipal, organizaram as filas em locais protegidos,  obedecendo o distanciamento orientado pelos órgão de saúde para evitar contaminação pelo Covide-19.

Segundo informações a Secom/Óbidos, o comitê ao combate do novo Corona Vírus, em uma reunião por vídeo conferência entre a promotoria de Justiça,  Prefeito Municipal, secretária de saúde do município de Óbidos, Nathália Rodrigues e também os proprietário de Lotéricas,  gerentes do Banco da Amazônia  e do Banco do Brasil de Óbidos, decidiram criar alguns pontos de atendimento de suporte às lotéricas do município de Óbidos, humanizando o atendimento.

Um dos pontos escolhidos foi a escola do Floriano, no Bairro da Cidade Nova,  mais precisamente no ginásio, onde está funcionando um desses polos de apoio,  exatamente para que as pessoas não fiquem mais aglomerados na rua, nas calçadas, pegando sol e chuva.

A Direção da Escola Dom Floriano cedeu o ginásio, que fica bem em frente a Lotérica no Bairro da Cidade Nova,  para que as pessoas possam ficar acomodadas e dessa forma, serem atendidas para receber o auxílio emergencial do Governo Federal, na sequencia das fichas distribuidas.

No Bairro de Santa Terezinha, também foi montado um esquema, onde está sendo utilizado o Cliper de Santa Terezinha e na porta da Lotérica as pessoas ficarão em cadeiras, vindas do Cliper, onde foi organizado a sequência de atendimento. Outro ponto de apoio será o Cliper de Sant´Ana, no centro da cidade.

Segundo informações, a distribuição das fichas começam as 07h e o atendimento as 08h, portanto  as pessoas não precisam mais ficar no sol, pois eles serão bem mais acomodados.

Assim, a humanização no atendimento das pessoas que precisam receber seus auxílios está sendo proporcionado, pois elas necessitam sacar a ajuda financeira para que possam usufruir de uma melhor qualidade de vida, durante a quarentena.

Fonte: Ascom/Óbidos

BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS