Entrevista com Melina Braga, Secretária de Saúde de Óbidos, que fala sobre atendimento nas UBS´s

Entrevista com Melina Braga, Secretária de Saúde de Óbidos, que fala sobre atendimento nas UBS´s

Entrevista com a Secretária de Saúde de Óbidos, Melina Braga, que fala sobre os antedimentos nas Unidades Básicas de Saúde - UBS´s, entre outros assuntos referentes a saúde em Óbidos. Veja a entrevista:

Referente ao atendimento nas Unidades Básicas de Saúde por conta da redução dos médicos

Melina: Nós tivemos a redução dos médicos brasileiros nas unidades básicas de saúde, não foi tão impactante porque existem os oito médicos cubanos que continuam a atender nas seis unidades da zona urbana e um no distrito do Flexal.

Quanto aos atendimentos

Melina: Nós temos uma assistência de 16 vagas distribuídas pela manhã e 16 vagas distribuídas todas as tardes, em todas as unidades básicas de saúde. Nós temos agendamentos de 10 vagas e temos distribuição de fichas de seis vagas, também em todos os períodos, pela manhã e tarde. Os agendamentos são para atendimentos prioritários que são: grávidas, hipertensos, diabéticos e crianças. Os adultos que são desse grupo de risco que falei, eles são atendidos através de distribuição de fichas.

Quanto aos agendamentos

Melina: Os agendamentos são feitos e muitas vezes sobram vagas, de duas a três vagas por dia em cada unidade. Então a gente percebe que existe uma boa demanda, mas existe sobra de vagas. Muitas vezes a população não procura a unidade básica e acaba buscando atendimento no 24h (urgência e emergência), que chega a ser um equívoco da população, pois na unidade básica de saúde ela terá o mesmo atendimento do que na unidade de urgência e emergência, ou até melhor.

Melina comparou o atendimento entre as unidades de saúde

Melina: Na unidade de saúde você aguarda o atendimento com mais tranquilidade, sendo que atendimento no 24h (urgência e emergência), não. Porque lá no 24h são atendimento onde chegam pacientes graves, feridos e muitas vezes as crianças ou um hipertenso pode ficar assustado e pode até passar mal. Portanto, o atendimento nas unidades básicas de saúde é mais tranquila e muito melhor para se aguardar o atendimento do que no 24h.

Esclarecimento quanto o atendimento na Unidade 24h, urgência e emergência

Melina: O atendimento na Unidade 24h é só urgência e emergência, ou seja, são problemas súbitos. Por exemplo, se uma pessoa estiver infartando ela vai passar na frente de alguém que esteja precisando fazer um curativo, são atendimentos prioritários e que muitas vezes irrita o paciente. Nós temos que ter essa conscientização e empatia, se colocar no lugar do outro. Atendimentos de nebulização, consultas, no caso se você estiver com um problema de saúde há algum tempo e estiver precisando de uma consulta, você pode estar procurando a unidade básica de saúde e não o 24h.

Quanto as pessoas amanhecerem nas filas pra pegarem fichas de atendimento

Melina: Não há necessidade de haver um acampamento, ou a pessoa chegar de madrugada, ou mesmo chegar na “boca da noite”, pra faze esse tipo de atendimento. Como falei, existe o agendamento, existe a distribuição de fichas, que só começa a partir de 7h nas unidades básica. Muitas vezes a pessoa vai pela necessidade de ser o primeiro a ser atendido. Não importa a ordem da chegada dela, ela vai ser atendida. Não importa se ela é a primeira ou a última da fila, mas se tiver ficha pra ela, será atendida.

Quantos aos horários de atendimento

Melina informou que o horário nas unidades básicas de saúde é de 07:30h as 11:30h e de 13:30h as 17:30h.

Quanto aos médicos cubanos, que uma vez por semana, não fazem atendimento

Melina: Quanto aos médicos cubanos, uma vez por semana, eles têm uma prioridade que é preconizada pelo Ministério da Saúde, pelo Programa Mais Médicos, que eles fazem parte. Ele tem pro obrigação fazer 32 h semanais dentro da assistência da unidade básica de saúde e 8h fora, ou seja, eles têm um dia de aula por semana por meio da internet, e ele fazem isso na casa deles. Eles fazem esse estudo através do portal do Ministério da Saúde e terão que passar por uma prova, não podemos interferir. Então para eles permanecerem aqui é necessários eles cumprirem isso.

Articulação de horários dos médicos

Melina: Antigamente os médicos cubanos saiam somente na sexta-feira e nesse dia não tinha médico em nenhum posto. Então nós fizemos uma estratégia de que cada médico tiraria um dia da semana de folga. Foi feito o sorteio e agora um tira na segunda, outro na terça e assim por diante. Dessa forma os postos não ficam sem médicos durante toda semana.

www.obidos.net.br

BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS