Navio Hospital Papa Francisco está em testes finais

Navio Hospital Papa Francisco está em testes finais

O Navio Hospital Papa Francisco tocou as águas do mar pela primeira vez no dia 14 de março, em Fortaleza, dando início à fase de testes. Em breve a embarcação deve ser liberada para seguir seu destino rumo a águas amazônicas.

A iniciativa de criar o barco hospital é da Associação e Fraternidade São Francisco de Assis na Providência de Deus, liderada por Frei Francisco Belotti. O objetivo da embarcação é levar atendimento médico gratuito a comunidades ribeirinhas do rio Amazonas.

"É com muita emoção ontem nosso Barco Hospital Papa Francisco foi para água, para iniciar os seus testes, tudo tem sido planejado com muita eficiência e muita técnicas. Nós nos alegramos e junto com todo nosso povo do baixo amazonas esperamos com alegria a realização desse Projeto" disse Frei Francisco.

O Barco

Os recursos para a construção do Barco Hospital vieram do TRT 15, Campinas e o prjeto está orçado em R$ 24,5 milhões, o qual terá 32 metros de extensão, e vai comportar consultórios médicos, odontológicos, centro cirúrgico, sala oftalmológica completa, laboratório de análises, sala de medicação, sala de vacinação e leitos de enfermaria, além de equipamentos para exames, como raio-X, ultrasom, eco, mamógrafo, esteira ergométrica e eletro. Além da atenção básica de saúde à população, as equipes atuarão na prevenção e diagnóstico precoce do câncer, com a realização de exames e triagem. Também serão realizadas em parceria com as universidades que enviarão equipes de médicos e residentes.

Assistência médica

A Fraternidade está presente na região amazônica desde 2013, após um pedido particular do Papa Francisco à Frei Francisco. Atua na Santa Casa de Óbidos e no Hospital 9 de Abril, em Juruti.

O Barco percorrerá as águas do rio amazonas e será o caminho para levar saúde e assistência a população ribeirinha, os hospitais de Óbidos e Juruti, serão referência para os casos de mais complexidade diagnosticados no percurso. Ao se aproximar das comunidades, uma “ambulancha” irá a frente para iniciar as triagens e otimizar os atendimentos.

FONTE: franciscanosnaprovidencia.org.br

BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS